Após empate na Colômbia, vândalos picham muros do Ninho do Urubu

Assim como aconteceu na semana passada na Gávea, vandalismo teve como um dos alvos o presidente Eduardo Bandeira de Mello; jogadores também não escapam: “Fracassados”

 

Repetindo o que aconteceu na Gávea há uma semana, os muros do Ninho do Urubu foram pichados na madrugada desta quinta-feira após mais um empate do Flamengo com o Independiente Santa Fe na Libertadores. A informação é do Esporte Interativo.

Um dos alvos foi mais uma vez o presidente Eduardo Bandeira de Mello. O vandalismo em forma de protesto foi estendido também à equipe, que não saiu do 0 a 0 na Colômbia e pode perder a liderança do Grupo 4 para o River Plate. Os argentinos receberão à noite o lanterna Emelec, próximo rival do Fla (dia 16 de maio no Maracanã).

Os jogadores também estavam na mira. Os vândalos recordaram o episódio em que os atletas mostraram os dados do GPS ao vice de futebol Ricardo Lomba para comprovarem que estavam correndo com disposição em campo.

Agora com três empates e uma vitória, o time rubro-negro soma seis pontos e tem dois de vantagem para o River, que pode chegar a sete. Com o ponto obtido em casa, o Santa Fe conta com quatro (empatou todas as partidas na fase de grupos até o momento) e ocupa a terceira posição. Com somente um ponto obtido em três jogos, o Emelec é o último colocado.

Ninho do Urubu pichado (Foto: Reprodução / Twitter)
Fonte: GE
Jmf;
%d blogueiros gostam disto: