Corinthians vence Independiente na Argentina e dispara na liderança do Grupo 7

Em jogo equilibrado, Timão abre o placar com Jadson, nos minutos finais, e fica em boa situação na Libertadores; equipe da casa tem gol mal anulado.

RESUMÃO

  • O JOGO
  • DEU TIMÃO NA ARGENTINAO Corinthians está mais perto da classificação para as oitavas de final da Taça Libertadores. Nesta quarta-feira, em Avellaneda, o Timão jogou bem, buscou o gol e venceu o Independiente por 1 a 0, com gol de Jadson, nos minutos finais. O Timão dispara na liderança do Grupo 7 do torneio e, além disso, mostra força num jogo fora de casa. O time de Fábio Carille está cada vez mais cascudo.

    DESTAQUE

    COMO FICA?

     

    A vitória leva o Corinthians aos sete pontos, três a mais do que o Millonarios, vice-líder do grupo. O Independiente continua com três pontos somados. Vale lembrar que, dos três jogos do Timão que restam na primeira fase, dois são em Itaquera.

    MAL ANULADO

    O Independiente até conseguiu chegar ao empate, mas o bandeirinha marcou um impedimento equivocadamente. No lance ocorrido aos 41 minutos, três jogadores estavam em posição irregular, mas quem tocou na bola foi Silvio Romero, que não estava impedido.

    GUERRA E PAZ

    O primeiro e o segundo tempo foram totalmente distintos no que se refere às faltas. Se na etapa inicial foram assinaladas apenas 6 infrações, na segunda etapa 17 faltas foram marcadas, quase três vezes mais.

    PRIMEIRO TEMPO

    O Corinthians jogou da forma que mais gosta: sem a bola e à espera dos contra-ataques. A tática foi boa, visto que o Independiente é um time que troca muitos passes. Rodriguinho foi o jogador mais lúcido, e em diversas oportunidades deixou os atacantes em condições de finalizar, mas tanto Romero quanto Clayson pecaram na hora de colocar a bola na rede. O jogo ficou aberto na segunda metade do primeiro tempo, e os argentinos também assustaram, principalmente pela esquerda, com Silva e Menéndez. Foram apenas seis faltas cometidas nos 45 minutos iniciais – só uma do Corinthians, com Henrique.

    SEGUNDO TEMPO

    Diferente do primeiro tempo, a etapa final teve poucas chances claras de gol. A partida ficou mais brigada e o número de faltas aumentou. A primeira finalização corintiana, por exemplo, saiu somente aos 35 minutos, no gol de Jadson.

    PRÓXIMOS JOGOS

    O Corinthians volta a campo pelo Brasileirão no próximo domingo, às 11h (de Brasília), contra o Paraná, na Vila Capanema. Pela Libertadores, recebe o mesmo Independiente no dia 2 de maio, às 21h45, em Itaquera.

    Fonte: Ge

     

    Jmf;

%d blogueiros gostam disto: