Luan evita tema Europa para não desfocar: “Enquanto estiver aqui, farei meu melhor”

Autor do gol na vitória sobre Fla, destaque do Grêmio mantém boas atuações mesmo com conversas sobre possível saída: “Peço que meus empresários não me comuniquem enquanto for especulação”

No Campeonato Brasileiro de 2014, em duelo contra o Flamengo no Rio de Janeiro, Luan invadiu a área pela direita e, mesmo cercado de rubro-negros, marcou o gol da vitória do Grêmio por 1 a 0. Nesta quinta-feira, em lance muito semelhante, ele voltou a decidir uma partida contra o Fla fora de casa – nova vitória por 1 a 0, na Ilha do Urubu, mais uma vez pelo Brasileirão.

– Esse gol eu nunca esqueço. Todo gol contra o Flamengo é importante e fica marcado ainda mais por a gente ter vencido os jogos. Tanto no Maracanã, estádio histórico, quanto aqui, fico feliz em marcar. Marcar em um jogo com esse e ajudar o Grêmio a vencer é sempre importante.

Nesse intervalo de três anos, Luan se desenvolveu como jogador e se tornou a grande referência do time atual do Grêmio, vice-líder da competição nacional e em boa situação na Libertadores (oitavas de final) e na Copa do Brasil (quartas de final). Com o gol desta quinta, ele igualou Lucas Barrios na artilharia do time na temporada, com 14. Além disso, é apontado por muitos como melhor jogador nestas 13 primeiras rodadas do Brasileirão.

Mas todo sucesso tem seu preço. E nesse caso, tem preço literalmente. Ciente de que o meia-atacante está no radar de diversos clubes europeus, o Grêmio já admite a ideia de que seu principal jogador saia na atual janela de transferências. Mas para isso, é preciso que haja uma boa proposta.

Nesta semana, o tricolor recusou uma oferta de 12 milhões de euros (cerca de R$ 44 milhões) do Sampdoria (Itália). A intenção do clube gaúcho, que possui 70% dos direitos do atleta, é vender, no mínimo, pelo dobro do valor, 24 milhões de euros (cerca de R$ 88 milhões).

“Se eu for, vai ser no momento certo”

No meio disso tudo, Luan consegue manter o foco e não deixa as especulações fazerem seu nível de atuações cair. Após ser decisivo em mais uma partida, foi perguntado sobre a possibilidade de ir para a Europa, e desconversou:

– Peço que meus empresários não me comuniquem enquanto for especulação, para eu poder ficar tranquilo para jogar. Não converso sobre isso com o Renato. Minha cabeça está toda aqui no Grêmio ainda. Enquanto eu estiver aqui, enquanto não tiver nada, vou procurar fazer o meu melhor.

– Se eu for, vai ser no momento certo. Se for agora, se for depois, tudo tem seu momento. Vou trabalhar aqui. Enquanto não tiver nada, só quero ter minha cabeça tranquila para fazer grandes jogos aqui no Grêmio – completou o camisa 7.

Vice de futebol do Grêmio, Odorico Roman não esconde que o clube pensa sim em vender jogadores para fechar o orçamento e, sem falar especificamente em Luan, garante que a direção só fechará acordo se o negócio for bom para todas as partes.

– Não adianta sofrer por antecipação se vai sair um ou outro jogador. Vamos aguardar as propostas chegarem. O Grêmio tem uma necessidade orçamentária de receitas, que provavelmente serão cobertas com a venda de algum jogador. Se não chegar nenhuma proposta que atenda aos interesses do Grêmio, vamos buscar outra alternativa. Chegando a proposta, vamos analisar. Se for bom para o Grêmio e bom para o jogador, é possível que saia negócio – disse.

A vitória fora de casa sobre o Flamengo encerra uma série de três derrotas do Grêmio pelo Brasileirão e devolve a equipe à vice-liderança, com 25 pontos, a 10 do Corinthians. O Tricolor volta a campo no próximo domingo, às 16h, quando recebe a Ponte Preta na Arena, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Fonte: GE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: