Aldo promete vitória devastadora na cerimônia de pesagem do UFC Rio

Brasileiro mostra confiança de que irá bater Max Holloway na luta principal do UFC 212. Borrachinha faz encarada mais quente do evento e coloca mão no rosto de rival.

Aparentando um misto de emoção e seriedade, José Aldo deu o seu recado na cerimônia de pesagem do UFC 212, no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira. O campeão linear dos penas prometeu o resultado positivo para os fãs, que entoaram o grito de “o campeão voltou”. Por outro lado, o campeão interino, Max Holloway, rebateu ao dizer que irá mostrar a receita de como parar o brasileiro.

Holloway subiu pilhado no palco. Os gritos de “Uh, vai morrer!” não pareceram intimidar o havaiano, que soltou um grito ao ter seu peso anunciado. Na sequência, Aldo apareceu com expressão séria, ovacionado pela torcida. Os dois mantiveram certa distância na rápida encarada.

– Primeiramente, muito obrigado pelo carinho. Podem ter certeza que essa luta é nossa e vai ser uma vitória devastadora, pode ter certeza – disparou Aldo.

– Vocês vão descobrir como vencer Aldo amanhã. Eu disse para vocês: uma estrela nasceu em dezembro e vocês vão vê-la brilhar amanhã – prometeu Holloway.

Pelo co-evento principal, Karolina Kowalkiewicz apareceu carregando a bandeira da Polônia. Logo depois, foi a vez de Cláudia Gadelha posar sorridente na balança. A brasileira demorou a ser retirada da encarada com sua adversária, em uma tentativa de intimidar a polonesa.

O estilo polêmico de Paulo Borrachinha se fez presente ao subir no palco. Antes de ir para a balança, o brasileiro apontou para Oluwale Bamgbose em tom de provocação. Ao partir para a encarada, os dois falaram bastante, se encostaram, e Borrachinha empurrou o rosto do nigeriano, antes que eles fossem contidos pela organização. Já o encontro entre Vitor Belfort e Nate Marquardt seguiu a tônica dos anteriores, sem qualquer tipo de animosidade

No card preliminar, a encarada mais quente foi entre Luan Chagas e Jim Wallhead, com os dois chegando muito próximo do rosto um do outro e mantendo a expressão fechada. No duelo mais esperado do preliminar, Raphael Assunção e Marlon Moraes se aproximaram bastante, mas mantiveram o respeito e se abraçaram no fim.

O Combate transmite o UFC Rio 8 (UFC 212) ao vivo e com exclusividade no próximo sábado, a partir de 19h15 (horário de Brasília). O Combate.com acompanha em Tempo Real e exibe as duas primeiras lutas do card preliminar em vídeo ao vivo.

Confira os pesos de todos os atletas para o UFC Rio:

CARD PRINCIPAL
Peso-pena (até 65,8kg): José Aldo (65,8kg) x Max Holloway (65,8kg) *
Peso-palha (até 52,6kg): Cláudia Gadelha (52,6kg) x Karolina Kowalkiewicz (52,2kg)
Peso-médio (até 84,4kg): Vitor Belfort (83,9kg) x Nate Marquardt (84,4kg)
Peso-médio (até 84,4kg): Paulo Borrachinha (84,4kg) x Oluwale Bamgbose (83,5kg)
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Erick Silva (77,6kg) x Yancy Medeiros (77,6kg)
CARD PRELIMINAR
Peso-galo (até 61,7kg): Raphael Assunção (61,7kg) x Marlon Moraes (61,7kg)
Peso-médio (até 84,4kg): Antônio Cara de Sapato (83,9kg) x Eric Spicely (83,5kg)
Peso-galo (até 61,7kg): Johnny Eduardo (61,7kg) x Mathew Lopez (61,7kg)
Peso-galo (até 61,7kg): Iuri Marajó (61,7kg) x Brian Kelleher (60,8kg)
Peso-palha (até 52,6kg): Viviane Sucuri (51,3kg) x Jamie Moyle (52,6kg)
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Luan Chagas (77,6kg) x Jim Wallhead (77,1kg)
Peso-mosca (até 57,2kg): Marco Beltrán (57,2kg) x Deiveson Alcântara (57,2kg)

* Luta válida por cinturão, sem direito à libra (0,454kg) de tolerância. Todos os demais lutadores tiveram direito ao limite de tolerância em seus pesos.

 

Fonte: Combate

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *