ATIVIDADE FÍSICA PARA IDOSOS

A prática de atividade física é um elemento valioso de vida para as pessoas de todas as faixas etárias, especialmente para os idosos, pois é extremamente importante na manutenção da saúde, da flexibilidade e da longevidade, bem como atua na redução de dor e sintomas de doenças físicas.

O exercício físico para idosos pode ajudá-los a obter ou manter um peso saudável e a função normal do corpo. Ao longo dos anos, enquanto o corpo vai envelhecendo, ele se torna mais fraco. Movimentando o corpo através de exercícios pode-se ajudar a restaurar e a preservar a sua força, o que pode contribuir para que os idosos mantenham a sua mobilidade nas tarefas diárias. Muitas quedas e lesões que os idosos têm podem ser prevenidas por meio de atividade física regular, que contribui para uma maior mobilidade.

Efeitos dos Exercícios na Terceira Idade

  • Controle ou Diminuição da Gordura Corporal
  • Manutenção ou Incremento da Massa Muscular
  • Força Muscular e da Densidade Óssea
  • Fortalecimento do Tecido Conetivo
  • Melhora da Flexibilidade
  • Aumento do Volume de Sangue Circulante
  • Resistência Física em 10-30%
  • Aumento da Ventilação Pulmonar
  • Diminuição da Frequência Cardíaca em Repouso
  • No Trabalho Submáxima e da Pressão Arterial
  • Melhora nos Níveis de HDL (Lipoproteínas de Alta Densidade)
  • Diminuição dos Níveis de Triglicérides, Colesterol Total e LDL (Lipoproteínas de Baixa Densidade)
  • Diminuição dos Níveis de Glicose
  • Diminuição de Marcadores Anti-Inflamatórios associados às Doenças Crônicas Não Transmissíveis
  • Diminuição do Risco de Doença Cardiovascular, Acidente Vascular Cerebral Tromboembólico, Hipertensão, Diabetes Tipo II, Osteoporose, Obesidade, Câncer de Cólon e Câncer de Útero
  • Melhora do Auto-Conceito
  • Auto-Estima
  • Imagem Corporal
  • Melhora Estado de Humor
  • Tensão Muscular e Insônia
  • Prevenção ou Retardo do Declínio das Funções Cognitivas
  • Diminuição do Risco de Depressão
  • Diminuição do Estresse
  • Diminuição da Ansiedade e Depressão
  • Diminuição do Consumo de Medicamentos
  • Incremento na Socialização
  • Redução de Risco de Quedas e Lesão pela Queda
  • Aumento da Força Muscular dos Membros Inferiores e Coluna Vertebral
  • Melhora do Tempo de Reação
  • Sinergia Motora das Reações Posturais
  • Melhora na Velocidade de Andar
  • Melhora na Mobilidade e Flexibilidade
%d blogueiros gostam disto: