Citado por Damares em reunião ministerial, Wellington rebate: ‘Lamentável’

A ministra Damares Alves fez referência ao decreto que autorizava agentes da Secretaria de Estado de Defesa Civil (Sedec) a usar propriedades particulares para executar ações de combate ao coronavírus.

 

 

 

 

 

A declaração da ministra Damares Alves, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, feita sobre ele durante a reunião ministerial que teve seu sigilo derrubado após decisão do Supremo Tribunal Federal nesta sexta-feira (22). A declaração da ministra foi feita antes dela afirmar que pediria a prisão de governadores e prefeitos.

Damares Alves fez referência ao decreto 18.942, assinado pelo governador do Piauí no dia 16 de abril de 2020. O texto autorizava agentes da Secretaria de Estado de Defesa Civil (Sedec) a usar propriedades particulares para executar ações de combate ao coronavírus e aos efeitos de enchentes que ocorriam pelo estado na época.

“É lamentável essa declaração da ministra. E mais do que isso, sempre a tratamos com todo o respeito no Piauí. Eu entrego a Deus para que cuide dela. Agora, na época, fizemos aqui um decreto que tinha como base a lei federal 13.979. Era essa lei que exigia que os estados, para ter acesso à recursos da área da emergência, a gente vivia uma situação de enchentes, e para atender os municípios, mandaram uma minuta e eu assinei, de boa fé. A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) nos alertou, e, imediatamente, fiz a alteração: no Piauí, a área da segurança só entra numa casa para salvar vidas.”, disse o governador no vídeo.

Leia abaixo o trecho em que a ministra Damares Alves cita o governador Wellington Dias:

Damares Alves: […] Nosso ministério vai começar a pegar pesado com governadores e prefeitos. Nunca vimos o que está acontecendo hoje. Se eles falavam que nós éramos violadores de direitos, eles estão, inclusive, o governador Wellington, agora, determinou que a polícia poderá entrar nas casas. Vocês não … imaginam o que ele vai fazer! Poderá entrar na casas…

Jair Bolsonaro: Ele assina? Ele assi… Ele assina?

Damares Alves: Assinou! A polícia poderá entrar na casa sem mandato. Então, assim, as maiores violações estão acontecendo nesses dias. Então, nós estamos fazendo um enfrentamento, mais de cinco procedimentos o nosso ministério já tomou iniciativa e nós tamos pedindo inclusive a prisão de alguns governadores.

Phbcity.com