Contratação temporária de 8 mil aposentados e militares

Portaria do Ministério da Economia publicada na edição desta terça (28) do Diário Oficial da União autoriza a contratação temporária de 8.230 servidores para trabalharem na área previdenciária, no atendimento ao público e na análise de pedido de benefícios.

Serão contratados servidores aposentados pelo regime próprio de previdência social da União e os militares inativos para o desempenho de atividades de natureza civil. A portaria prevê prazo de até seis meses para a publicação do chamamento público. O principal objetivo da medida, segundo o governo, é reduzir a fila que soma mais de 2 milhões de processos pendentes de análise.

As vagas serão distribuídas da seguinte forma: 7.400 vão atuar em atendimento e serviços administrativos no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), 255 na Perícia Médica Federal, 235 no Conselho de Recursos da Previdência Social (CRPS), 50 na Subsecretaria dos Regimes Próprios de Previdência Social (SRPPS), e 290 no Departamento de Centralização de Serviços de Inativos, Pensionistas e Órgãos Extintos (Decipex).

De acordo com a portaria, serão contratados servidores aposentados pelo regime próprio de previdência social da União e os militares inativos para o desempenho de atividades de natureza civil.

 

 

 

 

Ascom

Phbcity.com