Em derrota para o Grêmio, Coritiba finaliza sem rumo e peca na qualidade de passes

Coritiba teve 43 passes errados em toda a partida e conseguiu ficar com a bola apenas 45% do tempo. Das 12 finalizações, apenas duas levaram perigo real à meta adversária

Chutes sem efetividade e erros de passes foram os principais defeitos do Coritiba na derrota por 2 a 0 para o Grêmio, na noite de quinta-feira, em partida válida pela nona rodada do Brasileirão. Foi o segundo revés do Coxa na competição – havia perdido para o Santos, na segunda rodada.

O alto volume de passes errados afetou o Coritiba no início do jogo. Foram 43 em toda a partida, com menor posse de bola (45%). Para o técnico Pachequinho, o número de toques mal sucedidos se explicou na pressa e velocidade que o time tentou imprimir ainda no primeiro tempo de jogo.

– No primeiro tempo, quisemos acelerar demais o jogo e isso não nos deixou fazer o que fazemos de melhor, que é trocar passes. O problema é que aceleramos demais e, quando você perde a bola de alguma forma, com a defesa saindo e campo um pouco aberto, é natural que o Grêmio consiga construir – avaliou o treinador, em entrevista coletiva.

Outro problema do Alviverde foram as finalizações. Apesar de ter chutado 12 vezes em direção ao gol, apenas duas bolas levaram perigo real à meta adversária. Quem mais chutou não foi nenhum dos atacantes: o volante Matheus Galdezani arriscou quatro vezes. A seca de três jogos sem marcar preocupa Pachequinho, mas sem alardes.

– Até pouco tempo, a equipe do Coritiba era a que mais finalizava e roubava bola na frente. O setor defensivo nosso era o menos vazado, tirando o jogo de hoje. Em alguns momentos, você toma gols. Em outros, deixa de fazer. É natural essa alternância – ponderou o técnico.

Para resolver os problemas em campo, o próximo desafio do Coritiba é contra o Cruzeiro, no domingo, às 16h (horário de Brasília), no Mineirão. Na quinta colocação da tabela, o Coxa segue com 15 pontos.

Fonte: ge

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *