Encontradas caixas-pretas de avião ucraniano

Todas as 176 pessoas que estavam a bordo, entre passageiros e tripulantes, morreram. Voos para espaços aéreos do Irã e Iraque estão suspensos.

 

 

O avião teria caído cinco minutos após decolagem, afirma porta-voz da aviação civil Reza Jafarzadeh.

As Equipes iranianas de busca e resgate encontraram as caixas-pretas do avião ucraniano que caiu nesta quarta-feira, 8, logo após decolar de Teerã, matando 176 pessoas a bordo, segundo a autoridade iraniana de Aviação Civil.

“As duas caixas-pretas do Boeing 737 ucraniano que caiu esta manhã foram encontradas”, disse o porta-voz da autoridade, Reza Jafarzadeh, segundo a agência de notícias Isna.

As companhias aéreas Air France e Lufthansa cancelaram por tempo indeterminado seus voos para os espaços aéreos iraniano e iraquiano, algumas horas após ataques do Irã às bases de Aïn al-Assad e Erbil, no Iraque, usadas por soldados americanos.

“Por medida de precaução e diante do anúncio de ataques aéreos em curso, a Air France decidiu suspender, até nova ordem, qualquer voo sobre os espaços iraniano e iraquiano”, disse um porta-voz da empresa, procurado pela AFP.

“Os planos de voos são ajustados em tempo real em função das decisões das autoridades francesas e regionais, no mundo todo, com o objetivo de garantir o mais alto nível de segurança dos voos”, explica a companhia.

No mesmo sentido, a companhia alemã Lufthansa anunciou a suspensão, “até nova ordem”, de seus voos para Irã e Iraque.

De acordo com a empresa, contornar as zonas aéreas iraniana e iraquiana terá “um impacto sobre a duração” de outros voos.

Desde ontem à noite, a Agência Federal de Aviação americana (FAA) proibiu aviões civis americanos de sobrevoarem o Irã e a região do Golfo, na esteira dos últimos ataques.

O ministro de relações exteriores da Ucrânia, Vadym Prystaiko, informou que os 176 mortos eram dos seguintes países:

  • Irã : 82 passageiros
  • Canadá: 63 passageiros
  • Ucrânia: 2 passageiros + 9 tripulantes
  • Afeganistão: 4 passageiros
  • Suécia: 10 passageiros
  • Reino Unido: 3 passageiros
  • Alemanha: 3 passageiros

O voo 752 da Ukraine International Airlines partiu com quase uma hora de atraso, às 6h12, do aeroporto Imam Khomeini. Ele tinha como destino o Aeroporto Internacional Boryspil, em Kiev, na Ucrânia. A queda do Boeing 737 ocorreu em Shahedshahr, no sudoeste da capital iraniana, logo após a decolagem.

 

 

 

Fonte: Povo

 

 

Phbcity.com

%d blogueiros gostam disto: