Felipão rebate críticas do Flamengo sobre arbitragem: “Não venha com choradeira”

Flamengo e Athletico-PR empataram sem gols dentro de campo, pela ida das quartas de final da Copa do Brasil. No entanto, o duelo promete ainda dar o que falar nos bastidores envolvendo as duas equipes. A atuação da arbitragem foi tema da maioria dos comentários após a partida. Entre eles está o do técnico do Athletico-PR, Felipão, que rebateu as críticas feitas pelo Fla em relação aos lances polêmicos.

“Eles tão reclamando de alguma coisa? Foi vergonhoso, era para expulsar (Arrascaeta) 30 dias seguidos. Não só um. Não venha com choradeira, gritinhos de histeria”, disse o treinador do Athletico-PR na coletiva pós-jogo.

Para Felipão, o uruguaio Arrascaeta deveria ter sido expulso na entrada em cima do volante Erick, aos 45 minutos do segundo tempo. O árbitro Luiz Flávio de Oliveira, no entanto, não entendeu dessa forma, assim como o VAR, que revisou o lance e manteve a decisão de campo. O único cartão vermelho foi aplicado para o zagueiro David Luiz, nos momentos finais do jogo.

Por parte do Flamengo, a reclamação se deu devido ao lance envolvendo Léo Pereira. O zagueiro, que estava na grande área para aproveitar a cobrança de escanteio, teve a camisa agarrada e, logo em seguida, foi empurrado por outro defensor do Athletico-PR. O VAR, como de costume, analisou a jogada e contatou o árbitro do confronto, que relevou o ocorrido.

Flamengo, inclusive, irá avaliar internamente a atuação da arbitragem para saber se o clube irá formalizar uma reclamação junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Apesar disso, dirigentes rubro-negros “já esperavam” uma atuação ruim por parte da arbitragem. Os cartolas entendem a conduta como ‘praxe’ e não foram pegos de surpresa com as polêmicas do jogo desta quarta-feira (27). Inclusive, Bruno Spindel, diretor executivo do Fla, disse que o juíz Luiz Flávio Oliveira “faz isso todo jogo”.

Com o resultado de 0 a 0, o Flamengo precisará vencer o Athletico-PR no jogo de volta, no próximo dia 17 de agosto, na Arena da Baixada. Caso ocorra novo empate, a decisão será nos pênaltis. Antes disso, o Mais Querido entra em campo pelo Campeonato Brasileiro. Neste sábado (30), o Rubro-Negro irá enfrentar o Atlético-GO, no Maracanã, pela competição nacional. O duelo será realizado a partir das 20h30 (horário de Brasília).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

%d blogueiros gostam disto: