FMS confirma 12 casos de coronavírus em Teresina, dois no interior do estado

A Fundação Municipal de Saúde divulgou na noite deste sábado (28) boletim com 12 casos confirmados da Covid-19. A Sesapi registrou um caso em Parnaíba e outro em São José do Divino.

 

 

Foram confirmados 14 casos da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, no Piauí, até a noite deste sábado (28). De acordo com o boletim da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina, existem 12 casos confirmados na capital. E, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), um caso foi registrado em Parnaíba e outro, um óbito confirmado pela doença, do prefeito Antônio Nonato Lima Gomes, em São José do Divino.

Os dois casos registrados no interior são de cidades no Norte do estado. A Sesapi informou que os dois casos são de pessoas que tiveram contato entre si.

Conforme o boletim divulgado pela Sesapi na noite deste sábado (28), o total de casos confirmados no estado é 11. Dois no interior e outros nove em Teresina.

Questionada pelo G1 sobre a divergência de dados com o boletim da FMS, divulgado algumas horas depois, a secretaria respondeu que a FMS pode ter recebido a confirmação de novos casos após a divulgação do boletim da Sesapi. O órgão explicou que quando isso acontece os dados são inseridos no próximo boletim.

De acordo com a FMS, há 187 casos suspeitos somente na capital. A Sesapi informou 176 casos suspeitos em todo o estado. Quanto ao número de casos descartados, a fundação divulgou que foram 133 somente em Teresina e, em todo o estado, 251 foram descartados, segundo a secretaria.

Primeiro óbito

Prefeito de São José do Divino, Antonio Nonato Lima Gomes — Foto: Divulgação/ Prefeitura de São José do Divino

Prefeito de São José do Divino, Antonio Nonato Lima Gomes — Foto: Divulgação/ Prefeitura de São José do Divino

O paciente que morreu por conta da Covid-19, doença causada pelo vírus, foi o prefeito de São José do Divino, Antônio Nonato Lima Gomes. Ele morreu na madrugada dessa sexta-feira (27) no Hospital Municipal Dr. José de Brito Magalhães, em Piracuruca.

Antônio tinha 57 anos e chegou a ser atendido no hospital, mas não resistiu. Ele tinha histórico de diabetes e teve uma evolução rápida da doença.

Isolamento social e decretos de calamidade

Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na capital piauiense, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas.

Policiais fazem abordagens nas fronteiras do estado a ônibus e veículos particulares. Escolas, universidades e a maior parte do comércio, assim como serviços públicos, suspenderam as atividades. Os decretos preveem que quem descumprir as regras pode ser penalizado com multa ou até prisão.

G1
Phbcity.com