Goleada de 6 a 1 e vitória classifica River-PI para a segunda fase da Copinha

Pela primeira vez, em 22 edições com participações de clubes do Piauí, um time piauiense avança da fase de grupos e joga o mata-mata da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

 

 

Pela primeira vez, em 22 edições de clubes piauienses na Copa São Paulo de Futebol Júnior, uma equipe do Piauí avançou para a segunda fase. E o River-PI foi o primeiro clube do estado a garantir classificação para o mata-mata da Copinha.

O feito foi conquistado após a goleada por 6 a 1 sobre o Capital-TO e a vitória do Atlético-MG, por 2 a 1, sobre o Taubaté. Os dois jogos foram realizados nesta quinta-feira, em Taubaté. Veja os gols no vídeo acima da goleada que também colocou o Galo na segunda fase da Copinha.

O River-PI conquistou a classificação pelo número de gols marcados na fase de grupos. O time piauiense empatou com o Taubaté em seis pontos e no saldo de gols (quatro cada). O desempate veio nos gols-pró (7 a 6 para o Tricolor).

River-PI vence o Capital-TO por 6 a 1 — Foto: FPF TV

River-PI vence o Capital-TO por 6 a 1 — Foto: FPF TV

Depois de vencer o Capital-TO por 6 a 1, o River-PI teve que esperar o duelo entre Taubaté e Atlético-MG para saber se iria ou não para o mata-mata. A equipe paulista não poderia marcar dois gols na partida

Gol do Atlético-MG! Wesley pega cruzamento de primeira e faz um belo gol, aos 16' do 2ºT

Gol do Atlético-MG! Wesley pega cruzamento de primeira e faz um belo gol, aos 16′ do 2ºT

O adversário do River-PI na segunda fase da Copinha está garantido: será o São Bernardo, líder do Grupo 24, que teve campanha de duas vitórias e um empate.

A primeira participação de um clube piauiense na Copinha aconteceu em 1999, com o Flamengo-PI. Desde então, foram sucessivas eliminações.

O Outro nosso Representante do Piauí (FLUMINENSE)

Eliminado da Copinha, Flu-PI protesta com gol da Francana aos 46: “Impedimento, houve o erro”

Empate da equipe paulista com o Corinthians, em 1 a 1, acontece no fim da partida no estádio Lanchão. Resultado tira Fluminense do Piauí e dá vaga ao mata-mata ao time da casa; assista

O Fluminense-PI deixou a Copa São Paulo de Futebol Júnior com criticas à arbitragem. Em especial, ao lance que tirou o clube piauiense da segunda fase da competição. Depois de ter empatado com o Retrô, o Tricolor do Piauí precisava que o Corinthians vencesse a Francana na rodada, no estádio Lancha Filho. O resultado a favor dos piauienses durou até os 46 minutos do segundo tempo, quando o time paulista empatou em 1 a 1.

O Corinthians vencia por 1 a 0, placar que classificava o Timão e o Fluminense-PI para o mata-mata da Copinha. Nos acréscimos, a Francana teve uma falta. Leonardo, camisa 6 do time, cruzou a bola na área. Negueba chegou para cabecear, e a bola entrou. No primeiro momento, o bandeira marcou o impedimento. Porém, após conversar com o árbitro José de Araujo Ribeiro Júnior, o gol foi validado.

Fluminense-PI reclama de gol da Francana  — Foto: SporTV

– Houve um erro porque ele estava na posição de impedimento e ele participa do lance, vai para a bola. Se ele vai para a bola, em posição de impedimento, ele atrapalha né? – analisou José Ronaib, supervisor do time. Os jogadores do Flu-PI assistiram ao jogo no hotel.

Fluminense-PI reclama de gol da Francana

Bandeira marca impedimento no primeiro momento — Foto: SporTV

Jogadores da Francana e a arbitragem  — Foto: SporTV

Jogadores da Francana e a arbitragem — Foto: SporTV

A campanha do Fluminense-PI na fase de grupos contou com vitória sobre a Francana, por 2 a 1, derrota para o Corinthians, por 3 a 1, e o empate com o Retrô. Foram quatro pontos somados e a terceira colocação.

Apesar de criticar a arbitragem no lance que classificou a Francana e acabou tirando o Fluminense-PI no duelo contra o Corinthians, José Ronaib analisou que o próprio elenco deveria ter garantido a classificação com a vitória sobre o Retrô, não deixando dependendo de outro placar.

– É aquela coisa. Tivemos a oportunidade de classificar em nosso jogo, mas não soubemos administrar o resultado. Cedemos o empate, e aí para depender dos outros fica complicado. Infelizmente não deu certo, perdemos para nós mesmos – considerou.

– Empatamos um jogo que não era para ter empatado. Tivemos o mando do jogo, inúmeras chances de finalizar e perdemos muitos gols. Acabamos penalizados no empate para o Retrô. Quem não faz, leva. A dependência de classificar era toda nossa – completou o gestor do Flu-PI.

Fluminense-PI eliminado da Copinha  — Foto: FPF TV

Fluminense-PI eliminado da Copinha — Foto: FPF TV

Os gols de Fluminense-PI 1 x 1 Retrô pela terceira rodada da Copinha

Essa foi a quinta participação do Fluminense-PI na Copinha. Em 2020, o time viveu uma odisseia até chegar a São Paulo. Para ir à Copinha, os jogadores Fluminense-PI foram de ônibus. Saiu de Teresina no Natal, fez parada em Goiânia, onde comemorou a virada de ano, e desembarcou no dia 1° de janeiro em Franca. Foram quase 2.400km de estrada. O time volta para Teresina na manhã desta sexta-feira.

Fonte: GE-Pi
Portal – Phbcity.com