Homem morre após furar barreira no Piauí

A Polícia Militar informou que após a prisão o homem foi conduzido para a delegacia e que durante a noite ele passou mal, foi socorrido, levado para o hospital e morreu.

 

 

 

 

 

 

Morreu na sexta-feira (8), um homem de 43 anos, que não teve a identidade revelada, com suspeita de ter sido torturado no município de Luzilândia (250 km de Teresina), no Piauí. Ele foi detido pela Polícia Militar do Piauí após furar barreira sanitária e fugir.

Em a nota divulgada neste sábado (9), a PM informou que o homem não obedeceu a ordem de parada na barreira sanitária na tarde de quinta-feira (7) e teria ameaçado um policial fazendo menção de possuir uma arma branca.  Ele teria fugido e os policiais que faziam a barreira solicitaram reforço, conseguindo encontrá-lo em seguida.

A nota diz ainda que o homem reagiu ao receber voz de prisão, mas foi contido e levado à delegacia do município. No fim da tarde o homem passou mal e foi encaminhado para o hospital, mas faleceu na manhã de sexta-feira (8).

A Polícia Militar do Piauí comunicou que o Comando Geral determinou a abertura de inquérito policial militar através da Corregedoria e que os policiais envolvidos na operação foram afastados. Os policiais já foram apresentados no Batalhão do município de Piripiri. Os laudos realizados no Instituto Médico Legal de Parnaíba e a perícia foram solicitados.

 

 

 

 

 

 

 

 

Phbcity.com