Operação remaneja quase 200 presos entre Teresina e Altos, no Piauí

O objetivo foi combater a atuação de organizações criminosas dentro do sistema penitenciário.

 

 

 

 

 

 

 

 

Operação Translatio remove detentos em Teresina e Altos — Foto: Reprodução/Thanandro Fabrício - Sejus

A Operação Translatio, deflagrada pela Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus) na terça-feira (2), remanejou quase 200 presos nas cidades de Teresina e Altos, entre a Penitenciária Irmão Guido, o Centro de Detenção Provisória e Altos e a Cadeia Pública de Altos.

O secretário de Justiça do Piauí, Carlos Edilson, explica que o objetivo da operação foi combater e evitar ações de organizações criminosas no sistema prisional.

“Nossa Diretoria de Inteligência identificou uma possível articulação de presos em nossas unidades e o intuito da operação foi desarticular esse grupo criminoso. Agimos dentro da legalidade e com todo o aparato da segurança pública em prol da estabilidade e da disciplina em nossas unidades penais”, explicou.

Além da remoção de internos, os policiais realizaram vistorias nos locais. Na ocasião, um aparelho celular foi apreendido.

Participaram das ações equipes de Policiais Penais da Diretoria de Inteligência (Dinp), do Grupo Tático Prisional (GTP), do Comando de Operações Prisionais (COP) e da Diretoria de Administração Penitenciária (Duap).

Elas receberam apoio de policiais militares do grupamento Rondas Ostensivas de Caráter Prisional (Rocap), vinculado à Sejus, da Assistência Militar, do Bope, da Rone, membros da Força Estadual Integrada de Segurança Pública e policiais rodoviários federais.

Por g1 PI

%d blogueiros gostam disto: