PF apreende R$ 90 mil em endereço ligado a Alexandre Baldy

Busca faz parte de operação que investiga irregularidades nas secretarias de Saúde do RJ e SP.

 

Dinheiro apreendido na casa de um dos alvos da Operação Dardanários — Foto: Reprodução/TV Globo

A Polícia Federal apreendeu, na manhã desta quinta-feira (6), R$ 90 mil que estavam guardados em dois cofres de uma casa no Lago Sul – área nobre de Brasília. O dinheiro é atribuído ao secretário estadual de Transportes Metropolitanos de São Paulo, Alexandre Baldy.

O secretário foi preso temporariamente por suspeita de fraudes na Saúde do Rio de Janeiro e de São Paulo.Os mandados de prisão, busca e apreensão foram expedidos pelo juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do RJ.

Além do DF e de São Paulo, policiais também cumpriram mandados em Petrópolis (RJ) e Goiânia (GO).

A operação desta quinta é chamada de “Dardanários”, que significa “agentes de negócios”, atravessadores que intermediavam as contratações dirigidas. A investigação é um desdobramento das investigações realizadas no âmbito das operações Fatura Exposta, Calicute e SOS.

Os suspeitos são investigados pelos crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.