Polícia Civil investigará morte de animais com eletrochoque em Barras

A representação foi feita logo após o registro de Boletim de Ocorrência que noticiava maus-tratos supostamente realizados naquele centro.

Polícia Civil do Piauí, através da Delegacia de Barras e da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), deu cumprimento nesta terça-feira (20), a um mandado de busca e apreensão, no Centro de Controle de Zoonoses do município, por crime de maus-tratos a animais.

O mandado foi requerido ao Poder Judiciário pelo Delegado Regional Ayslan Magalhães, que atualmente responde pela Delegacia de Barras. A representação foi feita logo após o registro de Boletim de Ocorrência que noticiava maus-tratos supostamente realizados naquele centro.

Os fatos vieram a conhecimento público através das redes sociais nesta semana, após imagens de animais sendo mortos por meio de eletrochoque terem sido amplamente divulgadas. O caso será investigado o crime de maus-tratos a cães e gatos, previsto na Art. 32, §1º da Lei 9.605/1998. Caso sejam comprovados, eventuais autores serão responsabilizados penalmente.

Thanandra Sarapatinhas prestou boletim

vereadora de Teresina Thanandra Sarapatinhas prestou um Boletim de Ocorrências (B.O), nessa segunda-feira (19), e pediu para que a Polícia Civil investigue denúncias de que animais custodiados no Centro de Zoonoeses do município de Barras.

Thanandra firma ter tomado conhecimento do caso após vídeos onde um suposto funcionário explica como animais, principalmente cachorros, seriam abatidos no Zoonoses da região. As imagens também mostram supostos cabos que seriam usados para cometer o crime.

%d blogueiros gostam disto: