Pressionado, Flamengo atropela Atlético-GO e minimiza baque por queda na Libertadores

Após empatar em casa na estreia do Brasileiro e ser eliminado na fase de grupos da Copa Libertadores, o Flamengo precisava dar uma resposta aos torcedores. O triunfo por 3 a 0 sobre o Atlético-GO, no estádio Serra Dourada, na noite deste sábado, deve ajudar.

A equipe da Gávea entrou em campo sob provocações dos torcedores atleticanos, que gritavam “eliminado”. Matheus Sávio, apontado como culpado pela derrota para o San Lorenzo na última quarta-feira, chegou a ser vaiado no Serra Dourada.

O time demorou a marcar. O primeiro gol foi aos 40 minutos. Foi de Everton, que foi substituído no intervalo com dores no tornozelo. No segundo tempo, a equipe marcou logo aos 5 e aos 19 minutos, com Leandro Damião e Rodinei.

O resultado deixa o time flamenguista empatado com a Chapecoense na ponta do Brasileiro. Ambas as equipes têm quatro pontos, com uma vitória e um empate.

Na próxima rodada do Nacional, o Flamengo vai encarar o Atlético-PR, em Curitiba. O Atlético-GO vai receber o Corinthians, em Goiânia. Ambos os jogos no domingo.

Willian Arão em ação na partida contra o Atlético-GO, no Serra Dourada
  • Com Guerrero, sem Guerrero

O atacante Paolo Guerrero chegou a aparecer entre os titulares do Flamengo na escalação divulgada pelo técnico Zé Ricardo, minutos antes de a bola rolar.

Mas o peruano foi retirado do time porque não se recuperou de dores musculares. Queixou-se e não ficou nem no banco de reservas. Deu lugar a Leandro Damião.

“Depois do jogo de quarta, o Paolo apresentou dores musculares, mas se colocou pronto, trouxemos ele na expectativa de que se recuperasse. Mas hoje no aquecimento apontou cansaço, então a gente resolveu poupar”, explicou Zé Ricardo.

  • Retranca atleticana

O Flamengo teve dificuldades no primeiro tempo para marcar o gol, mas não faltou criatividade para o time rubro-negro.

GAZETAPRESS

Walter se aproxima dos jogadores do Atlético-GO antes da partida contra o Flamengo
Walter se aproxima dos jogadores do Atlético-GO antes da partida contra o Flamengo

A equipe da Gávea dominou as ações principais do jogo e fez sua parte, mas faltou caprichar nas finalizações. Vez ou outra os atleticanos ameaçavam nos contra-ataques.

Após tanto insistir, o Flamengo finalmente marcou. Foi aos 40 do primeiro tempo. Trauco cruzou na área, Felipe soltou a bomba e, no rebote, Éverton chutou e marcou.

  • Deslanchou

O autor do gol não voltou para o segundo tempo. Com dores no tornozelo e mancando, ele foi substituido para evitar um problema maior. Deve ser avaliado durante a semana.

Mas o Flamengo não perdeu o embalo. Aos 5 minutos, o time marcou o segundo. A bola foi levantada para a área, Willian Arão ajeitou com o peito e Damião chutou de primeira.

O gol fez o time carioca deslanchar.

O terceiro saiu aos 19 minutos após exatos cinco chutes ao gol. O autor do gol foi Rodinei. Ele aproveitou rebote do goleiro Felipe Garcia após chute de Matheus Sávio e marcou.

  • Vinícius Júnior

O atacante de 16 anos já estava mexendo com a torcida no banco de reservas, ao entrar em campo aos 35 minutos do segundo tempo levou os goianos à loucura.

  • Próximos jogos

As duas equipes voltam suas atenções para a Copa do Brasil.

Na próxima quarta-feira, Atlético-GO e Flamengo se enfrentam novamente no Serra Dourada, mas dessa vez pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil.

O primeiro duelo terminou empatado sem gols. Portanto, quem vencer avança. Novo zero a zero levará a definição para os pênaltis. Igualdade com gols favorece o Flamengo.

  • Ficha técnica

ATLÉTICO-GO 0 X 3 FLAMENGO

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiãnia (GO)
Data: 20 de maio de 2017 (Sábado)
Horário: 19h(de Brasília)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Assistentes: Marcio Eustáquio Santiago (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)
Cartão Amarelo: Igor(AG);Gabriel(Fla)
Gols: Everton, aos 40 minutos do primeiro tempo; Leandro Damião, aos 5, e Rodinei aos 19 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO: Felipe, Eduardo, Ricardo Silva, Roger Carvalho e Bruno Pacheco; Marcão, André Castro (Andrigo), Igor e Jorginho; Everaldo (Junior Viçosa) e Walter (Walterson). Técnico: Marcelo Cabo

FLAMENGO: Alex Muralha, Pará, Rafael Vaz, Réver e Miguel Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão, Ederson (Vinicius Júnior) e Everton (Rodinei) Gabriel (Matheus Sávio) e Leandro Damião. Técnico: Zé Ricardo

 

Fonte: espn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *