Procedimentos para retomada das atividades no Detran-PI

Mesmo sem uma data prevista para o retorno dos atendimentos presenciais, o órgão ainda está elaborando meios de retornar de forma gradual.

 

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PI), está prestes a voltar com o seu atendimento presencial para o público, mas para isto acontecer de forma segura para o condutor piauiense, o departamento está realizando todos os procedimentos necessários para a retomada das atividades regulares baseadas nas orientações da OMS e exigidas pela vigilância sanitária.

Para um retorno de forma gradual e segura, o órgão está se dispondo de placas de avisos sobre a utilização de máscaras no ambiente e a importância da utilização de álcool em gel nas mãos, câmeras térmicas na entrada do órgão para medir a temperatura do local e de todos os usuários dentro do órgão, bem como medidores de temperaturas (termômetros) de longa distância para ser usada nos usuários na recepção, e disponibilização de álcool em gel.

Também dispõem de informativos de proibição e distanciamento entre cadeiras de assento para os usuários, placas explicativas sobre o posicionamento entre usuários de pelo menos 1 metro durante a fila, com marcações de distância necessárias no piso, e instalação de proteções de acrílicos na bancada da mesa de atendimento para garantir a segurança do usuário em relação aos funcionários.

O diretor geral do Detran-PI, Arão Lobão, em entrevista por videoconferência na última segunda-feira (20), afirmou que nas autoescolas serão realizadas aulas remotamente para os usuários com processos de habilitação que estavam em andamento.

Por via de regra os órgãos ainda proíbem as aulas presenciais nas autoescolas, bem como o decreto estadual, mas já autoriza que as mesmas sejam ministradas de forma remotas. A portaria de nº 110/2020, já autoriza as autoescolas a se credenciarem para que as aulas sejam online, afirma.

Ainda sem uma data prevista para o retorno dos atendimentos presenciais, o órgão está elaborando meios de retornar de forma gradual, com a possibilidade de adotar o agendamento para alguns serviços, de forma simples e segura. Para isto acontecer, o usuário necessitará acompanhar os canais de comunicação para ficar bem informado. Por enquanto apenas o serviço de transferência de veículos por meio de despachantes para donos de concessionárias por agendamento está sendo realizado.

 

 

 

Com informações da Ascom