Santa usa segundo tempo para virar contra o Ceará no Castelão e volta ao G-4 da Série B

Tricolores não conseguem jogar bem na primeira etapa, mas mostram uma outra postura na segunda e com gols de Léo Lima, Bruno Paulo e Ricardo Bueno reencontram as vitórias

 

RESUMÃO

  • O JOGOAquela velha frase que os treinadores de futebol usam para definir os jogos com “dois tempos distintos” pode ser perfeitamente aplicada ao que Ceará e Santa Cruz fizeram na noite desta terça-feira, no Castelão. Os cearenses mandaram no primeiro tempo e foram para o intervalo vencendo por 1 a 0, com gol de Pedro Ken. Já na segunda etapa, só deu os pernambucanos. E com muito mais eficiência. Léo Lima, Bruno Paulo e Ricardo Bueno atropelaram o Vovô e garantiram a virada para os tricolores.

    PRIMEIRO TEMPO

    O Ceará começou assustando o Santa Cruz logo aos dois minutos, quando Magno Alves quase fez de letra. E ele de novo, o Magnata, quase marcou aos 14 num chute de fora da área, mas parou na boa defesa de de Julio Cesar. Com mais posse de bola e com espaço para jogar, o Vovô enfim tirou o zero do placar aos 27 minutos. O meia Pedro Ken aproveitou escanteio cobrado por Romário e desvio de Valdo para fazer 1 a 0. O Santa pouco criou e se limitou a um chute de fora da área de Ricardo Bueno, mas sem direção. O goleiro Éverson foi para o intervalo sem sujar o uniforme.

    SEGUNDO TEMPO

    O Santa Cruz voltou sem mudanças, mas com outra postura. Com mais posse de bola, o Tricolor ficou perto mais perto do gol. E ele veio aos 16 minutos com a categoria de Léo Lima. Ele recebeu de André Luís e tocou com categoria para deixar o goleiro Éverson na saudade. O gol fez o Tricolor crescer e aos 25 minutos veio a virada. Depois de boa jogada de Thiago Primão, Bruno Paulo recebeu na entrada da área e chutou com categoria. Tranquilo no jogo, o Santa chegou ao terceiro gol aos 35 minutos depois de boa jogadas de Augusto e finalização sem dificuldade de Ricardo Bueno para fechar o placar em 3 a 1.

    QUEBROU O JEJUM

    O meia Pedro Ken quebrou um grande jejum nesta terça-feira. Autor do primeiro gol do jogo, ele não marcava desde o dia 20 de junho de 2015, quando ainda atuava pelo Vitória-BA.

    QUE ESTREIA!

    O começo do meia Léo Lima com a camisa do Santa Cruz tem sido muito bom no lado individual. Na última sexta-feira deu uma assistência para o gol de João Paulo na derrota para o Londrina e nesta terça-feira, no seu primeiro jogo começando como titular, fez um belo gol para abrir a virada contra o Ceará.

     

 

Fonte: GE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *